PROVANDO O VALOR DA ENERGIA SOLAR 9 – ESTUDO DE CASO PELOTAS (MICROINVERSORES)

Hoje revisitaremos a praia do Laranjal na nossa cidade histórica de Pelotas/RS. Iremos relembrar a instalação do Sr. Wilian. Ele planejou sua instalação durante a ampliação da sua residência e desta forma conseguimos acompanhar todas as etapas da sua obra.

A escolha pelo projeto com microinversores para sua geração solar permitiu que sua arquiteta não precisasse se preocupar em deixar um espaço exclusivo para instalação de inversor em parede. A única preocupação foi a de deixar um eletroduto adequado do telhado até o seu quadro de distribuição e proteção geral. Essa é uma das grandes vantagens para escolha de sistemas com microinversores, não precisamos nos preocupar com a instalação de um inversor grande em uma parede com suas proteções. E assim conseguimos uma instalação mais limpa e segura, pois não necessitamos instalar cabos fotovoltaicos que transportam tensões de corrente continua na faixa de 300V a 800V. Os microinversores trabalham com baixas tenções de corrente contínua não superiores a 60V, uma grande diferença para segurança futura de nossas residências.

CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA INSTALADO:

– 12 x módulos fotovoltaicos DAH SOLAR 330W / Total 3,96 kWp

– 3 x microinversores APsystems QS1 1.200W / Total 3,60 kW

𝑷𝑶𝑹 𝑸𝑼𝑬 𝑰𝑵𝑺𝑻𝑨𝑳𝑨𝑴𝑶𝑺 𝑺𝑰𝑺𝑻𝑬𝑴𝑨𝑺 𝑺𝑶𝑳𝑨𝑹𝑬𝑺 𝑭𝑶𝑻𝑶𝑽𝑶𝑳𝑻𝑨𝑰𝑪𝑶𝑺 𝑪𝑶𝑴 𝑴𝑰𝑪𝑹𝑶𝑰𝑵𝑽𝑬𝑹𝑺𝑶𝑹𝑬𝑺?

  • Gostamos de oferecer aos nossos clientes o que existe de melhor e inovador no mercado;
  • Os microinversores são a melhor tecnologia do mercado em desempenho pois:

– Iniciam sua geração mais cedo que os convencionais;

– Captam mais energia quando em baixa radiação (dias nublados e chuvosos);

– Reduzem as perdas por sujeiras e sombreamento;

  • Maiores garantias do mercado de inversores: garantia padrão de 15 anos podendo ser estendida para 25 anos.
  • Os microinversores atendem aos requisitos de segurança internacionais para sistemas fotovoltaicos, portanto são mais seguros que os sistemas string/parede convencionais;
  • Permitem a ampliação do sistema conforme as necessidades de consumo de nossos clientes aumentem;
  • Não necessitam de interferência interna estética e sonora durante o funcionamento na residência do cliente;
  • O monitoramento permite ao cliente e a nós instaladores verificar qualquer problema com sua geração e muitas vezes resolver remotamente.

Estes são só alguns dos benefícios de instalar um sistema com microinversores.

Fotos da Instalação:

Comparando os valores ESTIMADO X GERADO

O sistema solar em análise iniciou sua operação em abril de 2020 e recentemente completou 1 ano de funcionamento. Agora vamos comparar os valores estimados para geração de energia elétrica na etapa de projeto com os valores realmente gerados pelo sistema já em funcionamento.

A partir do gráfico e tabela anteriores podemos verificar que o sistema apresentou um desempenho acima das expectativas. Comparando com o gerado pelo sistema solar que foi de 6.180 kWh na soma de todos os meses, notamos que o sistema gerou 18,05% acima do previsto para o período.

O MICROINVERSOR E O SOMBREAMENTO – UM MPPT PARA CADA MÓDULO E MAIS ENERGIA GERANDO

A vantagem significativa dos microinversores, é que eles são projetados para geração e rastreamento no nível de módulo, uma vantagem distinta em relação aos sistemas de inversores string convencionais. Particularmente em qualquer ambiente onde o sombreamento representa um desafio, a capacidade dos microinversores de servir e monitorar independentemente o desempenho de cada painel garante a geração máxima ao longo do dia é ideal.

Conhecido como MPPT (Maximum Power Point Tracking), esse recurso permite que o microinversor rastreie a intensidade solar em tempo real, pois varia ao longo do dia, e tem a função de maximizar continuamente a potência fornecida pelo módulo fotovoltaico independente das condições de irradiância e temperatura, otimizando a produção de energia e proporcionando o maior rendimento possível do sistema.

Como o sombreamento dos módulos fotovoltaico afeta negativamente o desempenho do MPPT e pode comprometer a eficiência global do sistema, a análise das sombras é relevante para a otimização da produção de energia.

Sistema Solar Fotovoltaico – Residência do Sr. Wilian

Para exemplificar com o sistema da cidade de Pelotas da foto acima, com um cálculo rápido e básico podemos verificar que o sistema com microinversores apresenta uma potência instantânea de 3.226W. Caso este sistema estivesse instalado com um inversor string/parede convencional com uma entrada 1 MPPT apenas a potência instantânea seria de 2.088W, ou seja, estaria gerando menos 35,27% se comparado ao sistema com microinversores naquele momento. É importante mencionar que alguns algoritmos dos inversores string/parede atuais podem melhorar um pouco mais este desempenho juntamente com a tecnologia dos módulos fotovoltaicos atuais, mas para exemplificar a perda no sombreamento vale esta comparação. E se ao invés de sombra estivesse sobre o módulo sujeira acumulada? Basicamente podemos usar a mesma analogia.

Infelizmente, nem todas as empresas de instalação solar oferecem microinversores de alta qualidade, e os clientes que desejam usar a energia solar precisam garantir que a empresa escolhida esteja equipada para fornecer as melhores instalações de painéis solares.

Ainda confuso? A Delta Solar está à disposição para ajudá-lo!

Você está pensando em mudar para energia solar e ainda tem dúvidas? Podemos ajudá-lo a decidir qual sistema é melhor para você. Enquanto algumas empresas oferecem apenas um tipo de tecnologia solar para todos, personalizamos cada solução solar de alta qualidade para sua propriedade e seu orçamento.

Para todas as suas necessidades de energia solar, confie na Delta Solar. Comece hoje!

Orçamento gratuito:

Tel. Fixo: (53) 3275-1222 / WhatsApp: (53) 99906-7001 – Pelotas/RS e Região

Cel. WhatsApp: (53) 92000-5258 – Capão do Leão/RS

Tel. Fixo: (53) 3251-5914 / WhatsApp: (53) 98111-5330 – São Lourenço do Sul/RS

Cel. WhatsApp: (53) 53 99976-0111 – Santa Vitória do Palmar/RS

Um comentário sobre “PROVANDO O VALOR DA ENERGIA SOLAR 9 – ESTUDO DE CASO PELOTAS (MICROINVERSORES)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s