ATENÇÃO: “ O gosto amargo da baixa qualidade dura bem mais do que a doçura do preço inferior ” – ENERGIA SOLAR NÃO É TUDO IGUAL

Diante do boom da energia solar claramente evidente agora, com aproximadamente 430.000 sistemas fotovoltaicos instalados (e aumentando a cada dia) no Brasil entre micro e minigeração distribuídas, tornou-se mais crucial conhecer (e evitar) as armadilhas mortais da “energia solar barata”. A energia solar fotovoltaica está bem documentada e comprovadamente gera grandes benefícios desde financeiros até ambientais.

Mas cuidado! Não deixe que você seja enganado!

Num post anterior do Blog (“Confie, mas verifique”) já coloquei uma pergunta para reflexão:

Você compraria um carro na concessionária na pura e simples base que é o mais barato no mercado? Independentemente de algum defeito que você possa ter notado?

Acredito que a sua resposta seja NÃO. Isso não faz sentido para a aquisição do seu sistema solar e este carro pode (literalmente) deixá-lo no meio da estrada mais cedo ou mais tarde.

SE PARECE BOM DEMAIS PARA SER VERDADE, PROVAVELMENTE NÃO É VERDADE!

Comprar uma solução de energia solar pode ser um momento empolgante para muitas pessoas, mas, como com qualquer investimento, você precisa ter muito cuidado com quem você negocia e quais equipamentos estão lhe oferecendo.

Desta forma, como em qualquer setor, o da energia solar tem sua parcela de partes inescrupulosas que têm pouco interesse na tecnologia, nos benefícios ambientais e em atender suas necessidades. Eles estão apenas perseguindo seu dinheiro – e eles serão implacáveis ​​ao fazê-lo. Basicamente, o velho ditado “se parece bom demais para ser verdade, é mais provável que não seja verdade“ se aplica muito à compra de uma solução de energia solar fotovoltaica.

Por isso, enumeramos alguns pontos importantes para você evitar uma história de terror com seu sistema solar fotovoltaico.

1.Fique atento as estimativas de geração de energia dos orçamentos recebidos

Muito provavelmente você receberá propostas com estimativas de geração de energia diferentes. Essas diferenças poderão estar relacionadas com a tecnologia proposta para os módulos fotovoltaicos e inversores, também a sua localização, a inclinação e orientação do seu telhado e aos dados de radiação solar utilizados. Desconfie de orçamentos que ofereçam uma estimativa de geração muito acima dos demais ou economias não coerentes, isso pode estar ligado à falta de experiência da empresa no mercado (sem sistemas instalados na sua localidade), ao uso de métodos de cálculos não corretos para estimativa ou querendo criar uma vantagem que não existe.

2.Compare “Maçãs com Maçãs e Bananas com Bananas”

Por exemplo, uma empresa pode usar painéis solares de alta qualidade, mas economizar no inversor de frequência, nos condutores e dispositivos de proteção elétrica na esperança de que o nome do fabricante do painel ofusque você e você ignore os outros componentes. Ao comparar sistemas fotovoltaicos, faça isso de forma componente por componente – e faça perguntas sobre por que a marca X é melhor que a marca Y – onde há diferenças. Existem hoje no mercado diferentes tecnologias como: microinversores, otimizadores de energia e os inversores string convencionais aprenda as diferenças sobre as mesmas para sua escolha.

Outro ponto muito importante é relativo as estruturas de fixação dos painéis solares. Componentes feitos de materiais impróprios corroem ao longo do tempo e podem eventualmente falhar, causando graves danos nos painéis e no telhado. Por estas razões, as melhores práticas para instalações solares incluem o uso de painéis em alumínio e de combinações com suportes de alumínio ou aço inoxidável. Quase todos os elementos de fixação (por exemplo, porcas, parafusos e arruelas) são de aço inoxidável para evitar corrosão e enfraquecimento ao longo do tempo.

3.Fique atento para as garantias dos equipamentos

Existem diversos fabricantes no mercado e os mesmos oferecem diferentes prazos de garantia. Além do período compreendido para a garantia verifique se o fabricante/fornecedor tem tempo de mercado e estabilidade para no futuro estar presente se você precisar.

Sistemas fotovoltaicos com microinversores e otimizadores de energia, por exemplo, possuem maiores garantias de seus fabricantes, são mais seguros, comprovadamente geram mais energia e tem monitoramento aprimorado com inúmeras funções a mais que os inversores string de parede convencionais, por isso um custo maior de investimento inicial mas com retornos muito mais rápidos e seguros no longo prazo.

– Tecnologia MLPE: Composta por microinversores e otimizadores de energia possuem garantias maiores a partir de 12 anos e 15 anos, com opcional de extensão da garantia para 20 ou 25 anos.

– Tecnologia String / De Parede / Convencional: os inversores tem garantias a partir de 5 até 7 anos.

4.Verifique e avalie a qualificação da empresa de energia solar

Investigue quantos sistemas solares fotovoltaicos esta empresa já projetou e instalou na sua região e qual a qualificação da sua equipe. Peça a indicação de clientes já atendidos e se achar necessário tire dúvidas sobre a instalação e o pós-venda com os clientes desta empresa. Empresas qualificadas recebem boas avaliações de seus clientes. Opte por empresas da sua região ou com capacidade comprovada para lhe atender independente da distância.

5.Cuidado com as letras pequenas no contrato

Algumas empresas usam componentes de qualidade como isca, anunciando painéis solares certificados e TIER 1 e inversores de alta performance e qualidade, genuínos. Também elas colocam em suas condições de venda que se reservam o direito de trocar o inversor e painéis por ‘equivalentes’. Então, elas instalam um inversor e painéis realmente baratos ou cobram valores extras por estes equipamentos de qualidade. Cuidado com as empresas que não vão dizer-lhe que marca de painéis solares e inversor você irá receber.

6.Acompanhe o quanto for possível todas as etapas do processo

Confirme na entrega dos equipamentos se estão de acordo com a potência e marcas prometidas. Se o layout e o local de instalação seguiram o projeto que você aprovou. Se a regularização do seu sistema atendeu as normas e regulamentos da concessionária. Exija o que lhe foi prometido.

7.Serviço de má qualidade

Quando um custo significativo é cortado da própria instalação, geralmente há um sinal muito claro de que em algum lugar este valor foi retirado. Durante a instalação, os preços mais baixos podem ser atribuídos a terceirizados de má qualidade ou a trabalhadores inexperientes. Se o seu sistema não for instalado por uma equipe profissional, habilitada e qualificada, há uma grande variedade de coisas que podem dar errado com uma instalação devido à natureza complexa desses sistemas. Quando algo dá errado, a despesa envolvida em descobrir onde a falha se encontra pode custar tempo e dinheiro significativos. Se instalado corretamente na primeira vez, isso nunca será um problema.

8.Risco de Incêndio

A energia solar fotovoltaica é uma tecnologia segura e confiável, mas se você comprar o sistema solar mais barato que puder encontrar, há uma chance maior de o instalador cortar os custos na qualidade dos componentes elétricos. É isso que acontece quando as coisas dão errado.

9.Quais são os canais de comunicação da empresa

Você conhece as formas de contatar a empresa de energia solar responsável por sua instalação, se ela tem escritório ou loja física, telefone, e-mail, canais de atendimento. Cuidado com empresas de fundo de quintal ou que só existem no mundo virtual.

10.Faça o seu dever de casa, você é o Juiz

Como qualquer outro investimento é importante que você enumere estes e outros pontos que achar importante para sua tomada de decisão. Após fazer uma análise dos equipamentos e da empresa que realizará sua instalação solar você estará pronto para fazer uma escolha inteligente de gerar sua própria energia elétrica.

Adquirir o sistema mais barato pode afetar seus retornos

Além de reduzir as emissões de carbono, a maioria dos proprietários compra um sistema fotovoltaico solar para economizar nas contas de eletricidade. Como os períodos de retorno para sistemas fotovoltaicos podem ser de 3 a 5 ano , pode demorar alguns anos antes que você consiga embolsar diretamente qualquer economia.

Portanto, o seu sistema fotovoltaico solar essencialmente só economizará dinheiro se continuar a funcionar após o período de retorno do investimento. Embora a compra de um sistema de boa qualidade possa custar mais caro no início, você tem a tranquilidade de que ele continuará a funcionar e a economizar dinheiro por muito tempo no futuro. Também é importante observar que a maioria dos sistemas mais antigos não podem ser reparados porque os componentes não estão mais disponíveis. Portanto, não será um reparo barato, mas uma substituição completa, anulando completamente qualquer economia que você possa ter feito a curto prazo.

PORQUE VOCÊ NÃO DEVE COMPRAR O SEU SISTEMA SOLAR FOTOVOLTAICO APENAS POR ELE TER O PREÇO MAIS BARATO DISPONÍVEL NO MERCADO

Quando as empresas cortam custos nos componentes dos sistemas fotovoltaicos, aumentam o risco de ocorrência de falhas, bem como reduzem o desempenho do sistema; o que, por sua vez, significa menos economia para você. Por mais terrível que pareça, algumas empresas fazem isso intencionalmente. Quando eles recebem uma onda de reclamações de garantia que a empresa não pode suportar, eles fecham suas portas e deixam centenas de sistemas “órfãos”.

A Delta Solar recebe inúmeras ligações de pessoas cujo sistema inicialmente barato simplesmente não funciona mais. No momento da compra, eles pensaram que tinham uma garantia segura; no entanto, seu fornecedor já fechou as portas ou, devido a uma lacuna em seus termos de garantias, recusou-se a honrar qualquer garantia.

Em última análise, um sistema solar é uma estação de energia conectada a um de seus ativos mais valiosos – sua casa, portanto, a qualidade de um bom painel ou inversor é algo que devemos desejar ter.

O ditado: “O gosto amargo da baixa qualidade dura bem mais do que a doçura do preço inferior”, soa especialmente verdadeiro no mercado solar.

Quando se trata de adquirir um sistema de energia solar fotovoltaico comprar marcas de boa qualidade de uma empresa respeitável é uma das decisões de compra mais importantes que você fará. É por isso que recomendamos que você escolha produtos de qualidade, vá com uma empresa de energia solar com uma reputação confiável e que ofereça suporte de garantia total, serviço, monitoramento do sistema e um preço justo (ao invés de barato).

Se você tiver mais perguntas sobre sistemas solares fotovoltaicos ou se você está pronto para investir em um sistema solar de alta qualidade, entre em contato conosco hoje mesmo (53) 3275-1222 / (53) 92000-5258 / (53) 99906-7001 ou contato@deltasolar.com.br

17 comentários sobre “ATENÇÃO: “ O gosto amargo da baixa qualidade dura bem mais do que a doçura do preço inferior ” – ENERGIA SOLAR NÃO É TUDO IGUAL

  1. Gosto muito de ler sempre esse Blog, o Fabiano e a equipe da Delta Solar escreve sempre com imparcialidade e sempre, sempre com muita qualidade e de maneira bem assertiva, desde que conheci aqui o Blog, só vejo informações precisas e contundentes, diferentemente de coisas tendenciosas que achamos na Internet, o Fabiano mescla bem no texto de maneira que quem é um instalador do setor vai aprender, mas também um cliente que esteja buscando informações vai se encontrar, recomendo fortemente e já sou fã, um dia espero poder contribuir.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Você estava indo bem em sua matéria até cometer o erro em dizer que empresas existentes apenas no “mundo virtual” não são confiáveis.

    A realidade hoje das empresas e grades corporações são o trabalho em home office, e especificamente sobre empresa de energia solar, clientes não fecham negócios em lojas e sim 98% em suas casas.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Raphael, concordo e discordo. Concordo quando diz que empresas estão cada vez mais atuantes no meio virtual, e discordo pois apenas virtualmente não é possível fazer uma instalação de energia solar. Você pode até fazer a compra dos equipamentos desde que saiba ser criterioso e profissional para escolhe-los de forma correta, mas e a parte de projeto e instalação sem ir ao local? Projeto você pode elaborar com o auxilio de fotos do local de instalação, mas instalar virtualmente não é possível, concorda comigo? Neste sentido que quero alertar as pessoas e nunca desmerecendo as empresas sérias.

      Curtir

  3. Um grande Abraço Fabiano Passos. Super Saúde e Sucessos. Continue oferecendo o melhor de vocês. Do Relacionamento Comercial ao mais pequeno componente ” parafuso ” e não menos IMPORTANTE , mas de e com EXTREMA Qualidade ao mais COMPLEXO COMPONENTE dos seus Projetos. SUCESSOS.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Olha. Só vou dizer que é antiético falar do trabalho de outros sem ao menos conhecer. De criticar, criticar, e depois aparecer com seu serviço como se fosse o salvador da pátria.
    Resumindo faça o seu é deixe os outros fazerem o deles. Não tenha preocupação com a concorrência, isto faz parte do mercado.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Israel, não estou criticando ninguém, não faço isso com ninguém ou empresa, meu blog é para ajudar clientes que muitas vezes não tem conhecimento sobre o assunto decidirem qual empresa ou equipamento consideram melhor para eles. Apenas coloco os pontos na mesa para que os clientes possam comparar quando for o momento. Não sou eu o juiz, o cliente é o juiz, mas precisa ter todas as provas para ter uma decisão justa! De qualquer forma respeito sua opinião e estás no seu direito de comentar, por isso te agradeço!

      Curtir

  5. Acho muito estranho, embora use, se afirmar que um micro inversor dure 25 anos e um string 10 anos em média. Eu penso que o string dure mais que o micro Inversor pois se pode dar manutenção. E se bem dimensionado, sem forçar demais com oversize dos painéis sua vida vai bem longe.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olá Sr. Ivan, sistemas com inversores string trabalham em níveis de tensões bem mais elevados. Facilmente encontramos sistemas com strings que somam mais de 600V, e nas entradas dos microinversores ainda não passamos de 50V, qual deles então trabalha em menor estresse elétrico e com menos riscos? Os que trabalham em 50V ou acima dos 600V? Os microinvesores de boa qualidade passam por rigorosos testes de qualidade para que as suas garantias sejam cumpridas nos prazos estabelecidos pelo fabricante. Agora aqueles que não possuem qualidade deixarão de funcionar mesmo, por isso devemos optar por equipamentos de qualidade comprovada seja qual for a tecnologia. Grande Abraço e obrigado por comentar!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s