PORQUE SUA CONTA DE ENERGIA ELÉTRICA É TÃO CARA E IRÁ CONTINUAR SUBINDO – E COMO TORNÁ-LA BARATA!

Compare sua conta de eletricidade atual com uma de alguns anos atrás. Você notará que o preço que você paga por quilowatt / hora (kWh), bem como sua conta total de energia, aumentou ao longo dos anos. Na verdade, as tarifas de fornecimento da energia elétrica vêm subindo constantemente há algum tempo.

Para entender por que elas se tornaram tão caras, primeiro precisamos dar um passo atrás e ver como os preços de energia são calculados.

projetos

Como é composta a Tarifa de Energia Elétrica

Para cumprir o compromisso de fornecer energia elétrica com qualidade, a distribuidora tem custos que devem ser avaliados na definição das tarifas. A tarifa considera três custos distintos:

Composição da tarifa
Fonte: ANEEL (2019).

Além da tarifa, os Governos Federal, Estadual e Municipal cobram na conta de luz o PIS/COFINS, o ICMS e a Contribuição para Iluminação Pública, respectivamente.

Desde 2004, o valor da energia adquirida das geradoras pelas distribuidoras passou a ser determinado também em decorrência de leilões públicos. A competição entre os vendedores contribui para menores preços.

O transporte da energia (da geradora à unidade consumidora) é um monopólio natural, pois a competição nesse segmento não geraria ganhos econômicos. Por essa razão, a ANEEL atua para que as tarifas sejam compostas por custos eficientes, que efetivamente se relacionem com os serviços prestados. Este setor é dividido em dois segmentos, transmissão e distribuição. A transmissão entrega a energia a distribuidora, a distribuidora por sua vez leva a energia ao usuário final.

Os encargos setoriais e os tributos não são criados pela ANEEL e, sim, instituídos por leis. Alguns incidem somente sobre o custo da distribuição, enquanto outros estão embutidos nos custos de geração e de transmissão.

Quando a conta chega ao consumidor, ele paga pela compra da energia (custos do gerador), pela transmissão (custos da transmissora) e pela distribuição (serviços prestados pela distribuidora), além de encargos setoriais e tributos.

Para fins de cálculo tarifário, os custos da distribuidora são classificados em dois tipos:

Parcela A: Compra de Energia, transmissão e Encargos Setoriais; e

Parcela B: Distribuição de Energia.

Conforme se observa da Figura a seguir, os custos de energia representam atualmente a maior parcela de custos (53,5%), seguido dos custos com Tributos (29,5%). A parcela referente aos custos com distribuição, ou seja, o custo para manter os ativos e operar todo o sistema de distribuição representa apenas 17% dos custos das tarifas.

Gráfico valor final da tarifa
Fonte: ANEEL (2019).

Preço X Tarifa

É preciso estabelecer a diferença entre preço e tarifa, geralmente confundidos. Tarifa é o valor a ser cobrado pela prestação dos serviços de geração, transmissão e distribuição de energia. Já o preço é a composição da tarifa com os impostos. O preço final é igual à tarifa somada aos impostos (ICMS e PIS/COFINS).

Dito isso, qual é, então, o valor da energia?

O valor varia conforme a região do país. Em Pelotas/RS, a tarifa de energia definida pela ANEEL em kWh para Classe Residencial Convencional custa R$ 0,5476. Nesse valor não entram tributos como ICMS, PIS e COFINS. O PIS e COFINS, e as bandeiras tarifárias que variam mensalmente fazendo o valor do preço final variar.

Quando adicionado o valor dos impostos, a tarifa final residencial convencional em Pelotas/RS fica cerca de R$ 0,83. O que você paga é a energia consumida em kWh (quilowatt-hora) multiplicada pela tarifa vigente na sua região, no caso de Pelotas/RS R$ 0,83, mais o custo da bandeira tarifária vigente.

Bandeiras Tarifárias

Desde o ano de 2015, as contas de energia passaram a trazer uma novidade: o Sistema de Bandeiras Tarifárias, que apresenta as seguintes modalidades: verde, amarela e vermelha –   as mesmas cores dos semáforos –  e indicam se haverá ou não acréscimo no valor da energia a ser repassada ao consumidor final, em função das condições de geração de eletricidade. Cada modalidade apresenta as seguintes características:

Bandeira verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa não sofre nenhum acréscimo;

Bandeira amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,015 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos;

Bandeira vermelha – Patamar 1: condições mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,040 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

Bandeira vermelha – Patamar 2: condições ainda mais custosas de geração. A tarifa sofre acréscimo de R$ 0,060 para cada quilowatt-hora kWh consumido.

whatsmicro

Como é calculado o consumo mensal de energia da sua casa?

Todo mês é feita a leitura do medidor de energia da sua casa para saber qual o consumo em kWh. O consumo mensal é calculado pela diferença entre a leitura do mês atual e a leitura do mês anterior. Essa diferença é multiplicada pelo valor do kWh com impostos onde este resultado é somado ao custo da bandeira tarifária vigente.

As tarifas de energia elétrica estão subindo ou descendo?

O gráfico abaixo mostra que o preço médio da energia aumentou desde 2003. À medida que os preços do petróleo, do gás natural e do carvão aumentam, e repetidamente ocorre uma escassez de chuvas nos reservatórios das usinas hidrelétricas é improvável que a energia fornecida pela concessionária se torne mais barata.

Tarifas_2003_2019
Fonte: ANEEL (2019).

É possível reduzir sua conta de energia pela metade?

Sim, é possível reduzir sua conta de energia pela metade. Algumas das coisas que você pode fazer incluem:

  • Atualize eletrodomésticos e eletrônicos – procure produtos que tenham excelente eficiência.
  • Substitua a iluminação – troque por lâmpadas LED e luminárias mais eficientes.
  • Mude seus hábitos – é grátis – outra coisa que você pode fazer é mudar os hábitos diários simples, como lavar pequenas quantidades de pratos à mão ou desligar as luzes dos cômodos onde não está. Cada pequena mudança que você faz ajuda a reduzir sua conta de energia.

Energia Solar é uma boa opção para reduzir suas contas de energia elétrica em 2019?

Se você pode se tornar solar, então é a opção ideal que pode mais do que reduzir sua conta de energia pela metade.

Os painéis solares aumentaram em eficiência e baixaram de preço. Incentivos e descontos estão prontamente disponíveis, e o financiamento de uma instalação solar é mais factível do que nunca.

Reduzir uma de suas maiores despesas mensais faz todo o sentido, mas os benefícios da energia solar não são apenas econômicos. Porque os preços da eletricidade podem ser imprevisíveis, eles fazem o gerenciamento de seu orçamento difícil. Ao instalar um sistema fotovoltaico, você também vai corrigir seus custos com eletricidade e torná-los mais previsíveis. Isso é especialmente benéfico para qualquer pessoa com renda fixa, bem como para as empresas que estão trabalhando com um fluxo de caixa mais estável.

Além de ser uma energia limpa e renovável, a energia solar fotovoltaica reduz as emissões de CO2, ao mesmo tempo que fornece eletricidade através da energia natural do Sol. É um momento emocionante para o Brasil no que diz respeito às energias renováveis. A energia solar fotovoltaica é vista como uma das principais alternativas de energia renovável para a poluição prejudicial causada pelo esgotamento dos combustíveis fósseis. Contudo, no Brasil o recurso solar ainda é pouco explorado diante do seu enorme e excitante potencial.

Conta_Solar

Então sim. Ser solar é uma excelente opção em 2019.

A Delta Solar, terá prazer em lhe fornecer um sistema sob medida para sua casa ou empresa utilizar o recurso solar em sua plenitude. Para obter mais informações, orçamento ou uma cotação gratuitos, entre em contato com a Delta Solar pelo telefone (53) 3026-5792 ou Whatsapp (53) 99906-7001 envie um e-mail para contato@deltasolar.com.br ou consulte www.deltasolar.com.br para obter mais detalhes.

logo_atualizado2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s